O compromisso com nossos clientes é o pilar de nossa reputação.

NUPEMEC reúne com representantes do GEA, PMM, ALAP e MP para definir realização do curso de especialização em Constelação Familiar Sistêmica

Representantes do Governo do Estado, Prefeitura de Macapá, Assembleia Legislativa e Ministério Público estiveram reunidos com a desembargadora Sueli Pini, coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Soluções de Conflitos – NUPEMEC , com o intuito de formalizar cooperação para realização do curso de especialização em Constelação Familiar Sistêmica para servidores dos respectivos entes públicos. Com previsão para ser iniciado no mês de março o curso terá como palestrante a renomada terapeuta Marilise Einsfeldt. A capacitação que será realizada em seis módulos, com duração de aproximadamente um ano, ofertará 100 vagas para servidores públicos, 60 serão destinadas ao Governo do Estado, as 40 vagas restantes serão pididas igualmente entre TJAP, PMM, ALAP e Ministério Público. A desembargadora Sueli Pini destacou os resultados que a Justiça amapaense vem conquistando através do trabalho desenvolvido com práticas conciliatórias, sendo vencedor no VIII Prêmio Conciliar é Legal, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça, onde o TJAP obteve o maior índice de composições consensuais nos 12 meses que antecederam a XII Semana Nacional de Conciliação, ocorrida em dezembro de 2017. “Recentemente fomos reconhecidos pelo CNJ no VIII Prêmio Conciliar é Legal, e esse fato nos traz um sentimento de que o trabalho está dando bons resultados, reconhece nosso esforço, no entanto, aumenta nossa responsabilidade em manter o trabalho e ampliá-lo ainda mais”, comenta a desembargadora. Representando o Poder Executivo estadual, a diretora-presidente da Escola de Administração Pública do Amapá, Cristiane Vilhena, ressalta a importância do curso para a capacitação do corpo de servidores estaduais. Segundo a diretora as 60 vagas serão pididas entre as secretarias de Educação, Saúde, Segurança, Inclusão e Mobilização Social e secretaria da Mulher. Ainda serão oferecidas vagas para a Escola de Administração Pública, Defensoria Pública e Fundação da Criança. “Essa cooperação com o Tribunal de Justiça favorece todo o poder público, pois dessa forma o trabalho não fica restrito a um único órgão, mas sim abarca todo o sistema público, fazendo com que a prática conciliatória e todos os seus matizes possam atingir o maior número de pessoas e com isso reduzir a quantidade de conflitos mal solucionados, conhecendo os problemas em sua raiz e evitando que se tornem processos judiciais”, finaliza a diretora Cristiane Vilhena. O Secretário Municipal de Assistência Social, Lucas Abrahão, afirmou que a reunião serviu para definir os detalhes da realização do curso de capacitação dos servidores, que marcará também a implantação do método de constelação familiar no executivo municipal. O secretário ainda parabenizou o Tribunal de Justiça pela iniciativa de congregar persos entes públicos com um mesmo objetivo, buscar a efetiva pacificação social. “A constelação familiar é uma prática rápida de identificar a causa de dilemas pessoais e familiares e tem enorme importância especialmente para a assistência social, inclusive o SUS municipal que envolve os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), o abrigo de adolescentes e os conselhos tutelares”, afirmou o secretário.
08/02/2018 (00:00)

Contate-nos

Av. Euclides da Cunha  587  D
-  Santa Rita
 -  Macapá / AP
-  CEP: 68901-527
+55 (96) 981085010+55 (96) 991499681
Visitas no site:  12352
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.