O compromisso com nossos clientes é o pilar de nossa reputação.

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Justiça do Amapá organiza Workshop sobre Constelações Familiares com exemplos ao vivo

A Justiça do Amapá, por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Solução de Conflitos, órgão responsável pela política de consolidação dos métodos autocompositivos de conflitos no âmbito do Judiciário amapaense, realizará no dia 12 de setembro, no horário das 14 às 19 horas, no Plenário do Fórum de Macapá, o Workshop sobre Constelações Familiares. O evento tem a cooperação do Ministério Público do Estado e será coordenado pela professora, palestrante e facilitadora em constelação familiar, terapeuta Marilise Einsfeldt. Com a experiência positiva para os participantes do Primeiro Módulo de capacitação em “Resoluções de conflitos utilizando as constelações familiares”, promovido pelo Ministério Público do Amapá em parceria com o Tribunal de Justiça do Amapá, magistrados e membros do NUPEMEC tiveram a iniciativa de organizar o Workshop. “No primeiro módulo do curso de constelação com a facilitadora Marilise, foi idealizado levar essa informação aos demais juízes do Fórum e assim institucionalizar a prática como mais uma forma mediada de solução de conflitos. Este workshop servirá para sensibilizar os atores do sistema jurídico: juízes, promotores, defensores e advogados. Além, claro, de alcançar as partes de alguns processos que serão convidadas ao evento para já buscar solucionar seus conflitos familiares”, disse a juíza Larissa Noronha. A coordenação do Workshop também anuncia a realização de constelações em processos que já tramitam nas Varas de Família, Violência Doméstica e Infância e Juventude de Macapá e Santana, que foram previamente selecionados pelas juízas titulares das respectivas varas judiciais. “A Constelação Familiar é uma prática que vem auxiliar servidores e magistrados a melhor abordarem os conflitos na área de guarda, pensão alimentícia, separação e nas situações que levam a necessidade da aplicação da técnica para melhorar a convivência na família”, explica a Presidente do NUPEMEC, Desembargadora Sueli Pini. De acordo com a instrutora do NUPEMEC, Sônia Ribeiro, será uma experiência inédita uma vez que os juízes terão a oportunidade de pôr em prática o modelo de constelações em processos judiciais que tramitam nas varas de família. “Os juízes vão pegar casos reais e as partes vão poder acompanhar e participar das constelações e experimentar de que forma essa nova técnica vai refletir na vida delas com a melhora da relação famíliar. O convite foi estendido a todos os juízes das varas de família, membros do Ministério Público Estadual, Defensoria Pública e Advogados”, finalizou Sônia Ribeiro.
11/09/2017 (00:00)

Contate-nos

Av. Euclides da Cunha  587  D
-  Santa Rita
 -  Macapá / AP
-  CEP: 68901-527
+55 (96) 981085010+55 (96) 991499681
Visitas no site:  9167
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.