O compromisso com nossos clientes é o pilar de nossa reputação.

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Juízas do interior participam de curso de práticas restaurativas promovido pelo Ministério Público em Santana

As juízas Laura Costeira, da 1ª Vara de Oiapoque; Marina Vidal, da 1ª Vara de Laranjal do Jari, e Délia Silva Ramos, da Comarca de Calçoene, participam esta semana, de 05 a 09 de fevereiro, do “Curso de Formação em Práticas Restaurativas” ofertado pelo Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas da Promotoria de Santana. O curso ocorre no Centro Integrado de Formação Profissional em Pesca e Agricultura do Amapá (CIFPA), localizado no Distrito Industrial e pretende formar facilitadores neste método alternativo de resolução de conflitos, voltado a reduzir litigiosidade e promover a cultura da paz. De acordo com a juíza Laura Costeira, a capacitação lhe deu a certeza que é possível implementar as práticas restaurativas na Comarca de Oiapoque. “Precisamos olhar para aquelas pessoas envolvidas num processo judicial e buscar ajudá-las a resolver o conflito que, em alguns casos, existe e persiste fora do processo. Assim estaremos restaurando relações, sentimentos e promovendo a paz”, afirmou a magistrada. Para a juíza Marina Vidal, com o modelo inovador e como forma de atuação de políticas públicas voltadas para a prevenção criminal e paz social, as práticas restaurativas podem ser uma solução alternativa ao modelo substancialmente retributivo. “Um meio de pacificação mais humanizado e, certamente, de muito êxito. Com efeito, a intervenção restaurativa é suplementar. A par do processo judicial, oferece-se um ambiente para resolver mais profundamente os problemas relacionados ao conflito”, considerou. O curso já foi ofertado pela Promotoria de Justiça de Calçoene e na ocasião todos os servidores da Comarca participaram. A juíza titular da unidade, Délia Ramos, comentou sobre a satisfação de integrar a formação. “Fiquei entusiasmada para participar por recomendação dos servidores e estou muito satisfeita com o que estamos vivenciando”, garantiu a magistrada. Também participam do curso promotores de justiça, educadores e moradores de um conjunto habitacional do estado.
08/02/2018 (00:00)

Contate-nos

Av. Euclides da Cunha  587  D
-  Santa Rita
 -  Macapá / AP
-  CEP: 68901-527
+55 (96) 981085010+55 (96) 991499681
Visitas no site:  18332
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.