O compromisso com nossos clientes é o pilar de nossa reputação.

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Diretores do TJAP ajustam medidas para assegurar celeridade e produtividade com adoção do horário único

O diretor-geral do Tribunal de Justiça do Amapá, Gláucio Bezerra, reuniu todos os diretores de departamentos para nivelar informações acerca dos ajustes necessários para otimização de custos e produtividade com o advento do horário único para os setores administrativos do TJAP; além de apresentar a nova presidente da Comissão de Licitação e Cadastro do Judiciário, Lana Karina Pinon Nery. Lana Karina aceitou o desafio de conduzir a CLC do TJAP e anunciou que a meta inicial é realizar duas licitações por dia, aumentando para três licitações diárias a médio prazo. Duas obras importantes estão entre os processos prioritários do setor: as reformas dos fóruns das comarcas de Amapá e de Santana. A primeira será uma tomada de preço no próximo dia 14 de setembro e a segunda ocorrerá no início de outubro. “São duas licitações de grande impacto, que vão trazer grandes benefícios”, anunciou a nova presidente da CLC. Segundo o diretor geral, a Comissão de Licitação está com alto volume de serviço em razão dos novos projetos e licitações para todas as áreas como engenharia, tecnologia da informação, serviços terceirizados, etc, o que elevou a demanda do setor. “A nova diretora está vindo como um reforço, além dela, foi designada uma terceira pregoeira para auxiliar no julgamento dos certames. O objetivo é conferir maior dinamismo às contratações, sem perder a eficiência”, explicou Gláucio. Quanto à adoção do horário único para o funcionamento do Judiciário, o diretor explicou que a norma está regulamentada e publicada em Diário Oficial. A conversa com os diretores teve o objetivo de identificar aspectos que possam interferir nessa diretriz. “Agora vamos ter que concentrar o expediente entre 07h30 e 14h30 sem perder o nível de produtividade e de eficiência que temos atualmente. Para isso vamos precisar mudar procedimentos e dinamizar atividades dentro dos departamentos, o que exige mais atenção por parte dos diretores para que não haja solução de continuidade nos serviços”, enfatizou Gláucio. Visando esses objetivos, desde o mês de agosto o TJAP vem implantando o sistema de processo administrativo virtual. “Nesse momento ainda temos uma situação híbrida, com alguns processos virtuais convivendo com processos físicos. Isso é necessário para adaptação de nossos usuários à nova ferramenta. Assim, todos estarão em condições de operar virtualmente os atos administrativos a partir de outubro”, anunciou o diretor. Gláucio Bezerra também abordou com os diretores a execução do Orçamento de 2018 que, segundo ele “foi cuidadosamente elaborado, observando cada projeto e cada atividade que o Tribunal poderá executar no ano que vem”. Ele acentuou que os diretores devem ter o controle da execução orçamentária de seus setores para que possam identificar riscos de aumento nas despesas, “o que não pode acontecer”, demarcou. Bezerra alertou ainda que “todos os diretores devem ter o compromisso de gerar economia, não ultrapassando os gastos previamente planejados”.
11/09/2017 (00:00)

Contate-nos

Av. Euclides da Cunha  587  D
-  Santa Rita
 -  Macapá / AP
-  CEP: 68901-527
+55 (96) 981085010+55 (96) 991499681
Visitas no site:  6974
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.